Quem gosta de fotografar, com certeza já se deparou com a expressão “olhar fotográfico”. Muitos conteúdos de dicas de fotografia sempre dizem que é preciso melhorar esse tipo de olhar e treiná-lo para conseguir cliques excelentes.

Porém, nem todo mundo sabe exatamente o que significa a expressão e nem como o olhar fotográfico pode, realmente, ajudar a modificar as suas fotos (até mais do que uma câmera de ponta, por exemplo).

Esse é o seu caso? Então, continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o tema!

Afinal, o que é olhar fotográfico?

Antes de qualquer coisa é importante compreendermos o que significa essa expressão, não é mesmo?

O olhar fotográfico pode ser definido como a capacidade que um fotógrafo desenvolve com o passar do tempo de enxergar as coisas ao seu redor de uma maneira diferenciada.

Por exemplo, para algumas pessoas a chuva batendo na janela pode não significar absolutamente nada. Mas para um fotógrafo essa pode ser a chance de fazer um clique incrível, captando a sensibilidade e a delicadeza da cena.

Se você reparar bem, o tempo todo estamos rodeados de cenas incríveis para serem registradas. O pássaro alçando voo, nosso cachorro brincando sozinho, as crianças jogando bola na rua, as flores do jardim, o pouso da borboleta, o sol se pondo e muitos outros momentos.

Porém, nem todo mundo tem essa “capacidade” de enxergar beleza em cenas cotidianas. O fotógrafo é justamente quem possui um olhar apurado e capaz de detectar beleza nas pequenas coisas, criando fotos incríveis.

Além das cenas cotidianas, o olhar fotográfico também ajuda na hora de retratar cenas para os books, como os álbuns de casamento, gestante, save the date, pets e muito mais.

Como posso aperfeiçoar meu olhar fotográfico?

Uma boa notícia é que ninguém nasce com o olhar fotográfico. Ou seja, é possível treiná-lo e aperfeiçoá-lo. Na verdade, conforme você for fotografando, seu olhar passará a ficar mais apurado e você começará a explorar as cenas de outras maneiras.

Às vezes uma mesma cena pode ser fotografada e registrada de diferentes maneiras, mostrando também um pouco da personalidade do fotógrafo. Mudanças de ângulos, enquadramentos e enfoque já são capazes de modificar totalmente a cena fotografada e adicionar mais beleza e criatividade aos cliques.

Ficou interessado e quer desenvolver seu olhar fotográfico? Separamos muitas dicas importantes. Confira.

Brinque com o jogo de luz e sombra

A iluminação é extremamente importante para qualquer fotografia. E ela também é capaz de alterar significativamente uma cena ou item retratado. Na hora de treinar seu olhar fotográfico, uma boa ideia é criar composições que brinquem com o jogo de luz e sombra.

Basta estudar quais luzes estão incidindo na cena a ser fotografada, os espaços onde essa luz não alcança, as sombras e intensidades de luzes – e então fazer alguns cliques sequenciais buscando variar essa luminosidade.

Passe também a ver a sombra como uma aliada. Muitos fotógrafos que estão começando não toleram espaços sombreados nas suas fotografias, o que é uma limitação. Afinal, a sombra é capaz de dar mais profundidade e beleza a uma foto.

Assim, tente encontrar o equilíbrio ideal entre luz e sombra nas suas próximas fotos.

Analise a composição

Fotografar não é apenas apontar a câmera para uma cena e sair disparando cliques. A composição faz toda a diferença entre uma imagem espetacular e outra apenas “mais ou menos”.

Então, antes de fotografar, reflita sobre qual é a sua intenção com aquela imagem e passe a enquadrar os elementos de maneira a transmitir essa sensação ou mensagem.

Conhecer as técnicas básicas de composição ajuda muito, como a regra dos terços. Na hora de começar, escolha um objeto ou pessoa para ser o item principal da imagem e depois analise o melhor posicionamento para destacá-lo.

Tome cuidado também para não posicionar o elemento principal “olhando” para algo fora da imagem, pois isso poderá gerar um sentimento estranho no observador de que o principal ponto da foto não foi registrado.

E, claro, não se esqueça de avaliar o fundo! De nada adianta criar uma composição incrível, pensar no jogo de luz e sombra e ter um fundo destoante, que chame mais atenção do que o primeiro plano. Se for o caso, desfoque a parte de trás para que o elemento principal tenha ainda mais destaque.

Use contrastes e brinque com as cores

As cores e os contrastes também oferecem fotografias excelentes – e você poderá treinar seu olhar fotográfico para perceber melhor essas nuances.

Por exemplo, uma rua com várias árvores de cores semelhantes pode criar uma composição super bacana, principalmente se você considerar a iluminação adequada. Ou ainda é possível fotografar uma bandeja de frutas com tons contrastantes e criar uma imagem com alto impacto.

Outra dica é considerar a psicologia das cores, que pode ajudar a transmitir sensações e sentimentos para as suas fotografias. Uma imagem com muito vermelho, por exemplo, pode indicar paixão, raiva ou perigo, enquanto uma com vários tons de amarelo pode indicar otimismo e alegria.

Busque por padrões e formas que se repetem

Principalmente na fotografia de cidades, essa é uma ideia bem bacana para sair do “lugar comum”. Dê uma volta pelo seu bairro e analise os prédios, praças e demais construções.

Você notará que existem muitos padrões e formas geométricas que se repetem. Essa ideia pode ser uma fonte inesgotável de várias imagens, tanto de formatos semelhantes como daqueles contrastantes.

São muitas as referências como linhas, formas geométricas, cores, estampas e outros itens que se repetem criando sensações agradáveis aos olhos ou cheias de contraste.

Invente novos ângulos

A melhor maneira de treinar o seu olhar fotográfico é perder o medo de fotografar. Ou seja, ainda que existam “regras” que ajudem a criar boas imagens, muitas vezes uma foto incrível é aquela que rompe com todos esses padrões.

Comece a ousar nas suas fotografias, por exemplo buscando por novos ângulos e formas de ver uma mesma cena.

A Torre Eiffel com certeza é um dos pontos turísticos mais fotografados do mundo. Mas será que não existem novas maneiras de fotografá-la, ângulos inusitados ou visões diferentes?

Você não precisa ir a Paris para treinar seu olhar fotográfico. Um bom exercício é fotografar um mesmo objeto de ângulos totalmente variados, passando a enxergar a mesma cena de maneiras diferentes.

Reduza

Sabe aquela expressão “menos é mais”? Em fotografia, ela também é muito válida. Então comece a exercitar seu olhar para reduzir o número de itens e detalhes nas suas fotos.

Analise o que está “sobrando” na cena e pode ser cortado sem prejuízo ao resultado final e enquadre apenas os elementos mais importantes para a cena ou para transmitir a sua mensagem.

Estude muito

Por fim, saiba que o olhar fotográfico não é algo que se desenvolve da noite para o dia. Apurar as técnicas de fotografia exige muito estudo, tanto prático como teórico.

Faça mais saídas fotográficas e treine bastante todas essas dicas, com exercícios diários. Além disso, leia sobre técnicas e analise os trabalhos de outros fotógrafos, descobrindo como eles conseguiram transmitir mensagens, sensações ou fotografar cenas já “batidas” de maneiras diferenciadas.

Agora que você já descobriu o que é o olhar fotográfico e sabe como melhorá-lo, que tal continuar aprendendo sobre fotografia? Baixe o nosso e-book com as principais dicas de fotografias para iniciantes e transforme seus cliques!

eBook Guia de Fotografia

 

_

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

sete + quatro =