A fotografia no esporte é um item extremamente importante, ajudando a eternizar momentos incríveis. Não importa se os esportistas são amadores ou profissionais, com certeza ter uma bela imagem como recordação de um feito importante é sempre valioso.

Se você quer melhorar os seus cliques na fotografia esportiva, veja as dicas e orientações que separamos!

1. Conheça as particularidades da modalidade a ser fotografada

Fotografar um jogo de futebol e uma prova de natação é algo totalmente diferente, já que cada situação possui um ambiente próprio e uma condição de luminosidade diferente.

Por isso, o fotógrafo de esportes precisa, antes de qualquer coisa, conhecer muito bem a modalidade, entendendo como ela funciona, quais são os lances e momentos mais importantes a serem fotografados e como será o ambiente onde a prática se dará.

Em locais fechados, como os ginásios, a luz tende a ser mais uniforme, porém não costuma ser adequada para a fotografia, exigindo que o profissional tenha outras alternativas para melhorar a luminosidade, como flashs externos.

Já em ambientes abertos, como campos de futebol, a iluminação é melhor, facilitando o trabalho nesse quesito. Porém, conforme as horas vão passando, a iluminação também se modificará, fazendo com que você tenha de se locomover para encontrar bons locais para fotografar.

2. Procure fotografar em JPG

A fotografia no esporte exige velocidade – e a velocidade de gravação da sua câmera poderá determinar a captura de uma imagem ou não (como o momento exato de um gol ou um lance milimétrico que decidiu uma competição).

Caso você fotografe em RAW, apesar de permitir uma edição posterior mais elaborada, a câmera levará mais tempo para processar a ação, diminuindo o número de fotografias por segundo.

Em um esporte muito rápido, como uma corrida de carros, esse pode ser um fator decisivo entre capturar uma excelente imagem ou acabar perdendo-a.

3. Invista em bons acessórios

Além da câmera, a fotografia esportiva exige outros acessórios e equipamentos, como flash externo, monopé e banquinho.

Estranhou a última dica? Pois saiba que um banquinho portátil fará toda a diferença quando você for passar várias horas com a câmera em mãos. O monopé também ajuda a reduzir o estresse físico causado pela postura constante de segurar o peso dos equipamentos fotográficos.

4. Não se preocupe tanto com o ruído

Quando você for fotografar com altas velocidades de obturação, terá de, com certeza, utilizar ISOs mais altos. Isso acaba gerando o aparecimento de ruído – que em outros tipos de fotografia costuma ser algo bem preocupante.

Mas, na fotografia esportiva, principalmente a profissional, o ruído não é algo que gera muita preocupação, afinal, o que mais interessa nesse tipo de imagem é o conceito.

Se a iluminação do ambiente for precária, o uso de um ISO mais alto será, praticamente, obrigatória, por isso o ruído não é algo que deve ser combatido.

fotografia no esporte

5. Estude bastante

Aproveite a internet e estude muito sobre a fotografia no esporte. Analise os grandes nomes e os profissionais mais renomados do setor e tente entender as técnicas usadas, as composições e as formas como eles tornam seus cliques tão atrativos.

Use a rede para pesquisar imagens de copas de futebol, jogos olímpicos, torneios internacionais, grandes prêmios de fórmula-1 e outras competições que são registradas pelos principais fotógrafos da área.

6. Invista em boas lentes

Se a ideia é se especializar na fotografia esportiva, então considere investir em boas lentes de zoom, que serão fundamentais durante o seu trabalho. O ideal é ter uma objetiva com distância focal de, no mínimo, 200 mm.

Assim você conseguirá capturar emoções, expressões e os detalhes que compõem uma excelente fotografia esportiva.

Além da lente de zoom, outras também podem ser usadas nesse trabalho, como a olho de peixe, ideal para fotógrafos de esportes radicais, capaz de criar ótimos efeitos, as teleobjetivas e lentes zoom com grandes distâncias focais, a grande ocular, ideal para fotografar auditórios, entre outras.

Para quem está começando agora e não pode investir muito, a dica é investir na lente 70-200mm, f/2.8.

fotografia no esporte

7. Aprenda a configurar sua câmera

Na hora de definir a melhor configuração para fotografar, considere a distância que você está do que será fotografado, se o que será fotografado está parado ou em movimento, o nível de iluminação e os efeitos desejados.

De uma maneira geral, para a fotografia no esporte, quando se está longe dos atletas, a configuração deverá passar por: aumentar o zoom óptico, aumentar a velocidade do obturador, tirar algumas fotos de teste antes do evento começar para configurar corretamente o ISO de acordo com a iluminação do ambiente e desligar o flash.

Mas é claro que isso poderá variar muito dependendo do ambiente e da modalidade que você fotografará.

8. Escolha o lugar certo

O lugar certo é de suma importância para a fotografia no esporte, garantindo que você conseguirá capturar os momentos mais importantes da partida ou da disputa.

Quanto mais você conhecer sobre a modalidade a ser fotografada, mais fácil será encontrar ótimos lugares para fotografar. Além disso, pesquise antecipadamente sobre o local onde será a disputa ou a partida, identificando os pontos adequados para se posicionar.

fotografia no esporte

9. Foque na emoção

É inegável que o esporte é um misto de emoções diferentes – e são elas que ajudam a transformar a fotografia esportiva em um mero clique de um momento a algo realmente impressionante.

Lembre-se que as fotos, de maneira geral, ajudam a contar histórias e por isso devem demonstrar a emoção no momento em que foram tiradas, auxiliando a criar mais impacto e relevância com que interage com a imagem.

São muitas as emoções durante um torneio, como a felicidade da vitória, a garra, a dedicação, a dor, a frustração com a derrota, a ira, entre vários altos e baixos que fazem com que as pessoas acabem se apaixonando pelo esporte.

É claro que isso não significa ser desrespeitoso e invasivo com os atletas. Sempre tome cuidado para não atrapalhar procedimentos importantes. Por exemplo, se alguém está com alguma lesão séria, o mais recomendado é se afastar e deixar a passagem livre para os paramédicos.

Além dessas dicas, não se esqueça de sempre fotografar os momentos antes e depois do jogo, registrando também a interação e a emoção do público e dos treinadores. E, claro, treine e pratique bastante, somente assim você conseguirá melhorar os seus cliques.

Gostou das nossas dicas de fotografia no esporte? Aproveite e assine a nossa newsletter para receber outros conteúdos interessantes diretamente no seu e-mail!

_

    1 Resposta para "Guia de fotografia no esporte: 9 dicas essenciais!"

    • LILIAN MANFRIM SILVEIRA

      Muito bacana o conteúdo, gostaria muito de aprender mais sobre fotografia esportiva. Estou começando Ma foto agora.

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

17 − um =