A fotografia no parto é uma tendência que tem conquistado o coração de muitos papais. A ideia principal é registrar esse momento tão importante, com cenas antes, durante e depois do nascimento.

Mas é claro que, para conquistar esses objetivos, é indispensável ter alguns cuidados – que vão desde a escolha do fotógrafo até o dia do parto. Quer saber mais e entrar nessa tendência? Continue a leitura!

O que é fotografia no parto?

A fotografia no parto é um momento muito bonito de conexão, amor e nascimento. Ela visa registrar justamente essa hora tão importante e essencial na formação de várias famílias, fotografando as cenas importantes como: as lágrimas da mãe ao ouvir o primeiro choro do bebê, a expressão facial do pai ao ver o filho pela primeira vez, entre outros.

A ideia é que essas fotos ajudem a contar a história do nascimento do bebê, sempre com muita ternura e integridade.

Por isso, além das fotos do momento do parto, esse ensaio também deve contar com outros cliques, como a chegada da mamãe à maternidade ou o preparo para ter o filho em casa, a expectativa para o momento do nascimento e também o depois, com o primeiro banho da criança, as roupinhas da maternidade etc.

Esse é um registro único. Afinal, ao contrário de outros ensaios que podem ser reproduzidos várias vezes na vida, o nascimento de uma criança é um fato que nunca mais vai se repetir na família e por isso merece ser registrado.

Ao contrário do que muitos pensam, a fotografia no parto não é algo explícita, cheia de sangue, partes íntimas, utensílios médicos e outros. Pelo contrário, o fotógrafo irá focar nos olhares, expressões, reações e emoções dos familiares e de todos os envolvidos nesse momento, se importando em registrar os sentimentos.

Quais os principais cuidados em relação à fotografia no parto?

Para que a fotografia no parto atinja seus objetivos, é muito importante tomar alguns cuidados básicos. Confira abaixo quais são eles.

Escolha do fotógrafo

O primeiro ponto é escolher um profissional que esteja acostumado a lidar com esse tipo de fotografia e que se sinta seguro e preparado para realizá-la. Como o ensaio envolve outras competências, é muito importante buscar por um fotógrafo experiente na área.

Afinal, ele terá que saber como se portar na hora do parto. Isso significa não incomodar os profissionais de saúde, não atrapalhar a circulação, evitar comentários e agir quase como se não estivesse presente, sem incomodar ou atrapalhar ninguém.

Então, antes de fechar contrato, certifique-se de que o profissional já realizou esse tipo de trabalho e sente-se seguro em fazê-lo. Se for possível, peça para ver algumas fotos de outros partos e analise também se vocês gostam do estilo do profissional.

Caráter fotojornalístico

A fotografia no parto não é um ensaio com imagens posadas. Por isso, o fotógrafo precisa ter preparo e experiências com fotojornalismo. Afinal, a ideia é captar as emoções e reações espontâneas dos pais e familiares.

Quanto mais natural for a sessão de fotos, melhor será o resultado e, claro, menos transtornos o fotógrafo irá causar.

Por isso, se você tem receio de que o profissional acabe atrapalhando os procedimentos médicos, converse antes para saber se ele trabalha com registros fotojornalísticos ao invés de fotos posadas.

Autorização na maternidade

Outro ponto importante é, antes de entrar em trabalho de parto, procurar a gerência da maternidade e solicitar uma autorização para a sessão de fotos. Faça isso com a maior antecedência possível.

Em algumas maternidades, pode ser que você tenha que pagar determinadas taxas referente ao kit com roupas cirúrgicas e até curso preparatório para o fotógrafo e sua equipe.

A autorização também pode ser dada pelo médico obstetra. Mas é sempre importante verificar com antecedência como funcionam os trâmites na maternidade que você pretende ganhar o bebê. Caso o parto seja em casa, não será necessário se preocupar com as burocracias.

Avalie o contrato

Lembre-se que esse tipo de sessão fotográfica não tem data e nem hora marcada para acontecer. Então, é importante se resguardar para caso o fotógrafo não compareça.

O mais indicado é adicionar uma cláusula no contrato estipulando esse tipo de situação e garantindo que você terá 100% do seu dinheiro devolvido caso o profissional e a sua equipe não possam comparecer no dia e hora do parto.

Alguns fotógrafos também costumam indicar outros profissionais, com estilo semelhante, quando não conseguem comparecer na data. Nesse caso, converse antes para saber dessa possibilidade – e, claro, adicione essa cláusula no contrato.

Registro dos principais momentos

Embora não exista um “roteiro” de quais fotos devem ser feitas nesse momento, é importante que os cliques principais façam parte do seu ensaio, como:

  • o primeiro olhar da mãe para o bebê;
  • a primeira vez que a mãe pega o bebê no colo;
  • os olhares da família;
  • a expressão do pai ao ver o filho pela primeira vez;
  • a família olhando o bebê pelo vidro da sala da incubadora;
  • a mãe segurando a mão do pai ou de outra pessoa da família antes do parto;
  • o carinho dos familiares e também da equipe médica;
  • o primeiro choro do bebê;
  • os preparativos e ansiedade antes do parto;
  • os detalhes do pós-parto.

Por que investir na fotografia no parto?

Independentemente de tendências ou “modismos”, a fotografia no parto é uma excelente maneira de registrar um momento importantíssimo para todos da família.

Como dissemos, esse é um registro que não pode ser “refeito”. Mesmo quem possui vários filhos sabe que o nascimento de cada um deles é um momento único – e um parto nunca será igual ao outro, nem as emoções envolvidas.

Por isso, a sessão fotográfica é uma maneira de guardar com carinho esse momento tão especial, inclusive mostrando para outras gerações, como o seu próprio filho quando mais velho, os seus netos, bisnetos e etc.

A fotografia no parto é um ato de amor e respeito, pois permite que toda a família relembre esse momento extremamente importante e único, capaz de tocar a todos os envolvidos de uma forma inexplicável.

Depois de ler este conteúdo, já está convencida a investir na fotografia no parto? Se você gostou das nossas dicas, aproveite e curta a nossa página no Facebook!

_

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

3 + dezesseis =