Uma das tendências atualmente é o ensaio fotográfico pet, voltado principalmente aos amantes dos animais e que consideram os bichinhos de estimação um membro super amado e querido da família.

Como nossos animaizinhos, infelizmente, vivem menos tempo do que nós, uma maneira muito bonita de homenageá-los e lembrá-los com carinho é eternizando-os em fotografias muito criativas e fofas.

Você também ama seus animais de estimação? Então continue lendo este artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o ensaio fotográfico pet!

Como funciona o ensaio fotográfico pet?

Os ensaios pet podem ser feitos tanto com a presença do dono e da família como apenas com o animalzinho – e essas fotos costumam marcar uma fase importante da vida do pet, como gravidez, aniversário e outras.

Apesar disso, não precisam existir motivos para realizar esse trabalho, apenas a vontade de eternizar esse laço de amizade.

Geralmente as fotografias são realizadas em ambientes ao ar livre ou na casa onde o pet vive, facilitando para que o animal se sinta mais confortável com a situação e assim colabore com poses bacanas e super naturais. Existem fotógrafos que também trabalham com fotos em estúdio.

A escolha do local, na verdade, depende muito da personalidade do bichinho. Os cães, por exemplo, podem ficar ressabiados com uma pessoa estranha, já que costumam ter uma sensação maior de proteção – e o ensaio pode acabar não dando certo.

ensaio fotográfico pet

Por que investir no ensaio fotográfico pet?

Ainda não tem certeza se é uma boa ideia investir no ensaio fotográfico pet? Veja alguns motivos para fazer parte dessa tendência:

  • os animais já se tornaram membro da família e é muito bacana contar com um álbum relembrando os momentos especiais de cada um deles;
  • infelizmente, esses bichinhos não vivem tanto como nós, e as fotografias ajudam a eternizar as lembranças dos nossos amiguinhos de quatro patas;
  • muitos pets são extremamente importantes na vida dos seus tutores, como os cães de companhia e aqueles que ajudam com questões psicológicas, como redução da ansiedade e melhora da depressão;
  • é uma possibilidade de manter uma recordação muito bonita de toda a família, incluindo os pets.

Quais os cuidados com o ensaio fotográfico pet?

Já está decidido a investir em um ensaio fotográfico pet? Nós separamos algumas dicas importantes para que esse momento transcorra sem problemas e, claro, renda lindas imagens. Confira.

Atenção à escolha do fotógrafo

O primeiro ponto é ficar atento à escolha do fotógrafo. Opte por um profissional que tenha experiência fotografando animais, principalmente com cursos e especializações na área.

Além da questão estética das imagens, o fotógrafo deverá se dar bem com os animais e gostar dos pets, de modo a garantir que os bichinhos se sentirão a vontade durante o ensaio.

Por isso, antes de mais nada, converse com o profissional, peça para ver outros trabalhos que ele já realizou com os pets, busque a opinião de outros clientes, avalie o portfólio e tenha certeza de que o fotógrafo escolhido está em sintonia com o que vocês desejam para o álbum do seu pet.

Pense bem no local das fotos

A escolha do local das fotos é algo de suma importância. Afinal, é essencial que o seu pet se sinta à vontade, o que favorece às poses espontâneas e um resultado excelente.

Como dissemos, a maioria dos ensaios é realizado ao ar livre, pois rendem fotos mais bacanas do animal brincando, correndo e se movimentando. Porém, tudo dependerá do pet que você tem e do comportamento dele.

Gatos e pássaros, por exemplo, podem não se adaptar bem a ambientes diferentes ou abertos, inclusive com risco de fuga, por isso costumam ser fotografados em casa.

Alguns cachorros, contudo, são bastante territorialistas e podem ficar bravos quando um estranho entra no ambiente, dificultando o trabalho do fotógrafo. Enquanto outros são muito amigáveis e se sentem confortáveis em locais onde já conhecem.

Caso opte por fazer as fotos ao ar livre, escolha um local que o animal esteja familiarizado, como uma praça ou um parque onde vocês costumam levá-lo (e tenha certeza de que ele poderá ficar solto durante o ensaio sem problemas, como fugas ou interação com outros animais).

Ao chegar no local das fotos, leve o pet para dar uma volta de “reconhecimento” antes, reduzindo a ansiedade e deixando-o mais à vontade com a situação. Garanta, ainda, que o ambiente seja calmo e tranquilo.

ensaio fotográfico pet

Analise se haverá (ou não) a participação dos humanos

O ensaio poderá ser apenas com o pet ou com a participação da família. Nesse último caso, só tome cuidado para que as fotos não percam o sentido. Ou seja, lembre-se que os grandes “astros” da sessão são os seus animais de estimação, então reserve mais fotos para eles.

Apesar disso, tente incluir algumas imagens de vocês todos juntos ou dos pets brincando com as crianças, por exemplo, que geralmente rendem fotos excelentes.

Respeite a personalidade do bichinho

A sensibilidade do fotógrafo é algo muito importante para o sucesso do ensaio fotográfico pet. Afinal, é preciso entender e respeitar a personalidade do animal.

Se ele estiver se sentindo desconfiado, estressado ou amedrontado com a situação, além das fotos ficarem ruins, essa será uma situação bem desconfortável para o seu animalzinho – algo totalmente diferente da intenção de se fazer um ensaio pet.

Por isso, a escolha do local é muito importante. Mas existem outras dicas que podem ajudar seu animalzinho a lidar melhor com a situação, como levar os brinquedos favoritos dele ou alguns petiscos para distraí-lo e fazê-lo se acostumar com a presença do fotógrafo.

Antes das fotos, é bacana conversar com o profissional falando um pouco da história de vocês e dos hábitos e das características do seu pet, assim ele terá uma orientação maior em relação aos cliques, garantindo que as fotos irão expressar a personalidade do seu bichinho.

ensaio fotográfico pet

Deixe o animal à vontade para excelentes cliques

Quanto mais à vontade e seguro seu pet se sentir, melhor será o resultado do ensaio. Então, escolha um local onde ele possa brincar livremente, correr, rolar e se divertir. Aproveite esse momento para se divertir junto do seu bichinho, tornando o momento mais agradável e favorecendo os cliques espontâneos.

Em alguns casos, o ensaio poderá ter uma duração mais longa, então não se esqueça de levar água e ração para o seu pet.

Pode ser também que o fotógrafo sugira continuar com o ensaio outro dia, principalmente caso o animal não responda bem ao momento. Nesses casos, vale a pena tentar de novo, mas sem estressar o animal.

E, claro, não se esqueça de levar o seu bichinho para as fotos bem bonito, de banho tomado, pelo escovado e até com alguns acessórios como gravatinhas, lacinhos e vestidinhos (desde que ele se sinta à vontade assim).

Depois de todos esses cuidados, é só escolher as melhores fotografias do ensaio pet e manter esses registros para a eternidade, por exemplo montando um fotolivro profissional.

Gostou de saber mais sobre o ensaio fotográfico pet? Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a descobrirem essa tendência!

Galeria de fotolivros - Amofotolivro

_

    1 Resposta para "Ensaio fotográfico pet: tire suas dúvidas e entenda melhor essa nova tendência!"

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

um + 14 =