Depois do tão esperado “sim” é hora de começar a se planejar para deixar de ser noiva e se transformar em esposa. Porém, nem sempre essa é uma tarefa simples e nesse momento podem surgir inúmeras dúvidas sobre como organizar um casamento – que vão desde a lista de convidados, até as decisões operacionais para o grande dia.

Se você está planejando para transformar o seu sonho em realidade nos próximos meses, não precisa se desesperar. Nós trouxemos algumas dicas essenciais que vão lhe ajudar a organizar o casamento dos seus sonhos de forma simples e prática. Confira.

Comece entendendo o seu orçamento

Logo após ficar noiva já é o momento de começar a planejar o casamento. O primeiro passo é entender quanto vocês podem dispor para o grande dia. Embora essa pareça uma questão simples, muitos casais podem se confundir e comprometer uma parte significativa da renda, tornando a vida a dois bem mais difícil nos primeiros anos.

Esse planejamento prévio é fundamental para que vocês não comecem a vida de casados já endividados, por isso planeje para que o seu sonho seja compatível com o seu bolso.

Pense em quanto vocês têm de renda juntos e o quanto cada um pode poupar por mês sem comprometer as demais despesas, como financiamento da casa ou aluguel, faculdade, carro, entre outros. Não se esqueça de também poupar para a lua de mel.

Agora que vocês têm uma estimativa de quanto podem economizar por mês fica mais fácil pensar em uma data para o grande dia, que permita uma poupança suficiente para que o seu casamento esteja mais próximo do que você deseja, sem comprometer o seu orçamento.

Pense no estilo do casamento

Tendo uma ideia do quanto poderão gastar e com a data em mente, é hora de analisar qual o estilo de casamento tem mais relação com vocês e com o orçamento que dispõem.

É possível pensar em fazer a cerimônia e a festa no mesmo ambiente, por exemplo, ajudando a economizar e a reduzir o inconveniente dos convidados terem de ficar se transferindo de uma área para outra.

Além disso, é essencial que o estilo escolhido transmita a personalidade do noivo e da noiva e também esteja relacionado com a história de vocês ou com valores que acreditam serem importantes.

Um erro muito comum é deixar a cargo da noiva todas essas decisões e depois o noivo se deparar com um casamento que não tem muita relação com ele, tornando esse momento pouco agradável para os dois.

Quando vocês definirem o estilo do casamento, ficará mais fácil começar a pensar em locais que tenham relação com esse estilo e que permitam a decoração que mais se adeque a essa escolha.

Faça a lista de convidados

Muitos casais começam organizando o casamento pensando primeiro nos convidados, mas isso é um erro. Somente tendo em mente o quanto vocês podem gastar e que tipo de casamento desejam podem pensar adequadamente em quem convidar.

Lembrem-se que o número de convidados está diretamente relacionado ao orçamento disponível. Assim, quanto mais pessoas presentes na sua lista, mais caros serão todos os serviços relacionados, inclusive o buffet.

Se vocês estão com o orçamento curto, ou sonham em ter um casamento mais intimista, reduzir o número de convidados e restringi-los apenas a pessoas próximas e importantes para o casal pode ser uma ótima solução.

Aproveite esse momento para definirem também os padrinhos, madrinhas e damas de honra, além das testemunhas do casamento no civil.

Com a lista de convidados em mãos será mais fácil começar a definir os demais serviços que tornarão o seu casamento realidade.

Defina o local da cerimônia e da recepção

Para aqueles casais que vão se casar na igreja, esse é o momento de começar a selecionar algumas que possam comportar o número de convidados que vocês desejam e que não estejam tão distantes de possíveis locais para a recepção.

Converse com os responsáveis pelas igrejas e se informe sobre itens importantes, como horários e datas disponíveis, cursos e outros pontos obrigatórios, decoração da igreja, músicas permitidas, entre outras dúvidas que devem ser esclarecidas antecipadamente.

Em relação ao local da festa, vale à pena conferir se o espaço escolhido comporta o número de convidados confortavelmente, se é próximo da igreja escolhida, se possui estacionamento e segurança para os seus convidados, se permite a decoração de acordo com o estilo e tema que vocês definiram, se oferece equipes próprias, se o ambiente é adequado, com banheiros suficientes, por exemplo, entre outros itens.

Caso a cerimônia e a recepção vão acontecer no mesmo local, essa escolha deverá ainda pensar na possibilidade de dividir o ambiente para as duas celebrações e também se o padre, pastor ou outro ecumênico poderá realizar a celebração nesse ambiente.

Serviços adicionais

Agora é o momento de começar a dar “forma” ao seu casamento. Nesse ponto, muitos casais contam com o auxílio de um cerimonialista – um profissional especializado e acostumado a lidar com todas essas decisões.

Se essa for a sua escolha, garanta que o profissional escolhido esteja de acordo e em sintonia com os desejos que vocês possuem, além de conferir os trabalhos já realizados por ele, conversando com outros noivos.

Também é possível tomar todas as decisões sozinhos, mas nesse caso garanta que vocês terão tempo disponível para visitar todos os profissionais e analisar os orçamentos oferecidos e os serviços prestados.

Você terá de contratar:

  • dia da noiva e do noivo;
  • lista de presentes;
  • fotógrafo e equipe de vídeo para documentar tanto a cerimônia como a recepção;
  • decorador;
  • buffet;
  • banda, DJ ou performance;
  • lembrancinhas;
  • transporte da noiva;
  • papelaria (convites, enfeites de mesa, convite especial para os padrinhos, entre outros);
  • trajes dos noivos;
  • alianças.

O mais recomendado é começar com a fechar os serviços primordiais com mais antecedência. Primeiro porque eles são os mais caros e segundo porque o seu casamento depende deles. Com mais tempo, você poderá planejar melhor a sua forma de pagamento e até conseguir descontos.

Então, comece com o buffet, com as equipes de fotógrafos e com a decoração. Em seguida vá dando prioridade aos que são mais essenciais para que o casamento dos seus sonhos se torne realidade.

Nesse processo, lembre-se de ir colocando na planilha o preço final de todos os itens e o quanto será pago em cada mês, evitando extrapolar o seu limite. Pesquise os preços, visite os fornecedores, peça para analisar alguns trabalhos já realizados e converse com outros noivos.

Mais próximo do seu casamento, com cerca de 3 a 4 meses para o grande dia, comece a enviar os convites oficiais e vá atualizando a lista de convidados, sempre solicitando que as pessoas confirmem a presença com certa antecedência. Isso permite fazer ajustes importantes nos serviços essenciais, como o buffet, por exemplo.

Aproveite esse período para fazer os últimos testes e provas, como maquiagem, vestido, bolo, buquê, lembrancinhas e outros. Depois é só ir relaxando e aproveitar o casamento dos seus sonhos.

Com essas dicas, ficou mais fácil descobrir como organizar um casamento? Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário pra gente!

_

    5 respostas para "Como organizar um casamento dos sonhos?"

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

1 × 1 =